Postado em domingo, 2 de outubro de 2016 às 21:44

Sete dos 12 vereadores eleitos assumirão mandato pela primeira vez

 Alessandro Emergente

Sete dos 12 vereadores eleitos para a próxima legislatura ocuparão um mandato eletivo pela primeira vez. Se considerada a atual legislatura, a renovação é ainda maior: somente três parlamentares continuarão na função a partir de janeiro do ano que vem.

Os três vereadores reeleitos estão José Carlos Morais (Vardemá/PMDB), o terceiro mais votado com 1.139 votos, Waldemilson Bassoto (Padre Waldemilson/Pros) – que obteve 718 votos e Antônio Carlos da Silva (Dr. Batata/PSB), com 521 votos.

Outros vereadores eleitos retornam a Câmara Municipal. São eles: o atual vice-prefeito Décio Paulino (PR), que obteve 813 votos, e Domingos dos Reis Monteiro (Dominguinhos/PSB), com 516 votos. Dominguinhos chegou a presidir a Câmara Municipal de 2005 a 2006, quando era filiado ao PT. Décio foi vereador por dois mandatos seguidos: 2005 a 2008 e de 2009 a 2012.

Os novatos


Entre os novatos está o mais votado nessa eleição: Reginaldo Flausino (GM Flausino), eleito pelo PHS com 1.190 votos. Na eleição passada, ele foi uma das surpresas com pouco mais de 500 votos e a boa votação dessa vez era esperada no meio político. Vários articuladores já apontavam o nome do Guarda Municipal entre os mais votados.

O segundo mais votado, com 1.144 votos, é João Carlos Tercetti (PRP). Ex-filiado ao PT, Tercetti é bastante ligado ao prefeito eleito e deve ser um dos nomes de confiança de Luizinho ao lado de Tani Rose (PT), eleita com 716 votos. A futura vereadora tem forte ligação ideológica com o prefeito.

Entre os “novatos” eleitos também estão Tadeu Fernandes (PTC), com 579, que desbancou um dos principais articuladores na política alfenense, Mário Augusto da Silveira Neto, com 548 votos. A expectativa era que, se eleito, Mário fosse um dos principais opositores do futuro governo.

>>Clique aqui e confira o resultado das eleições com a votação de todos os candidatos

Outros dois nomes aparecem na lista dos que chegarão a ocupar uma cadeira de vereador pela primeira vez: Edson Lellis dos Reis (Edson da Distribuidora/PR), com 850 votos, Fábio Marques Florêncio (Fábio da Oncologia/PP), com 889 votos, e Kátia Goyatá (PDT), que obteve 933 votos. Kátia foi secretária municipal de Educação durante o atual governo.

Uma curiosidade na eleição foi Amadeu Peloso, filho do atual prefeito. O pedetista teve 694 votos e ficou como primeiro suplente da coligação “Trabalho, Solidariedade e Compromisso Social”, formada por PDT, SD e Pros.

Acima, os vereadores eleitos para a próxima legislatura (Foto: Reprodução/TSE)

NOTÍCIAS RELACIONADAS


DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.