Postado em sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Prefeitura anuncia licitação para drenagem após período de chuva

Alessandro Emergente

A prefeitura de Alfenas prepara um processo licitatório para corrigir o problema de drenagem em vários pontos da cidade. Várias ruas e avenidas estão praticamente intransitáveis devido aos buracos e até crateras que se formaram após o início do período de chuva.

O problema é atribuído pela administração municipal a ausência de um sistema de drenagem que evite a concentração de água no asfalto. Esta concentração causa infiltração e, com isso, a base é atingida provocando o rompimento do asfalto.

De acordo com o engenheiro da Secretaria Municipal de Planejamento e Orçamento, Elcio Rocha, boa parte das vias da cidade possuem asfaltos antigos com a vida útil comprometida. Este é outro fator que acelera a deterioração da pavimentação.

O engenheiro informa que somente após o período chuvoso será possível executar um serviço definitivo. Em alguns lugares, admite que será necessário a troca da massa asfáltica e da própria base.

Em algumas ruas da cidade foram formadas crateras

Um exemplo da situação caótica é a avenida Lincoln Westin. Em um dos trechos, a avenida ficou praticamente sem condições de tráfego. O problema é agravado pelo trânsito de caminhoes pesados.

Outro trecho que chama a atenção é na rua Henrique Carivaldo Miranda. Além dos buracos que obriga os motoristas a fazer desvios frequentes, duas crateras no canto da rua expõe a gravidade da situação.
As obras para correção da estrutura das ruas só poderão ser executadas após o período chuvoso. Até lá, a prefeitura deve implementar ações emergenciais de tapa buraco.

Esta semana, o prefeito Luiz Antônio da Silva (Luizinho/PT) anunciou, em seu facebook, o início de um mutirão com 40 servidores, divididos em cinco equipes, para fazer correções emergenciais nas ruas. Fico impressionado como a tecnologia pode nos ajudar, até para tapar os buracos das ruas. A previsão meteorológica que acompanho todos os dias, nos ajudou. Precisavamos de um dia de sol”, comentou o prefeito em sua página da rede social.

A operação emergencial tenta deixar o asfalto em condições para o tráfego, mas a prefeitura admite não ser uma medida definitiva. O problema é estrutural e, segundo a prefeitura, é ocasionado devido a falta de drenagem.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.