Postado em sábado, 21 de novembro de 2020 às 17:05

Vale quer reduzir em R$ 30 bi valor que pagará por reparação de danos devido a acidente em Brumadinho

Ação na Justiça demanda que mineradora pague R$ 54 bilhões pelo desastre, mas em negociação com o governo de Minas a empresa propôs valor de R$ 21 bilhões, o que incluiria grandes obras em BH.


A Vale propôs ao governo de Minas Gerais reduzir em cerca de R$ 30 bilhões o valor a ser pago em indenizações e reparações às vítimas e ao meio ambiente pelos danos provocados pelo rompimento da barragem de Brumadinho, que em janeiro de 2019 matou 270 pessoas e deixou 11 desaparecidas. O valor é menos da metade do demandado na Justiça pelo governo mineiro. A proposta foi apresentada na terça-feira (17) por meio de documento inédito e sigiloso ao qual a Repórter Brasil teve acesso.

O governo de Minas, defensorias e ministérios públicos, além da Advocacia Geral da União entraram com uma ação pedindo que a Vale pague R$ 54 bilhões para reparar os danos humanos e ambientais do desastre. Este valor foi calculado pela Fundação João Pinheiro, órgão oficial de pesquisa e estatísticas do Estado, que estima em R$ 26 bilhões as perdas econômicas pelo rompimento da barragem e outros R$ 28 bilhões para o pagamento de indenizações às famílias dos mortos e demais atingidos.

[Confira a reportagem completa no site do Repórter Brasil]



DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

     
     
     
     

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Ok, eu aceito