Postado em quarta-feira, 21 de novembro de 2018

Por folga no G6 e queda do último invicto, Atlético visita o Internacional no Beira-Rio

Equipes fazem duelo decisivo nesta quarta, às 19h30, pela 36ª rodada do Brasileiro...


 Passada a turbulência dos seis jogos seguidos sem vencer, o Atlético agora tenta emendar a terceira vitória consecutiva, manter folga no G6 do Campeonato Brasileiro e embalar na busca por uma vaga na Copa Libertadores. Para isso, os comandados do técnico Levir Culpi têm um desafio complicado pela frente: o terceiro colocado Internacional, em pleno Beira-Rio. O duelo, válido pela 36ª rodada - a antepenúltima da competição -, está marcado para 19h30 (de Brasília) desta quarta-feira.

O Inter é o terceiro colocado do Campeonato Brasileiro, com 65 pontos, e ainda briga pelo título;
A equipe colorada está ‘mordida’ após o revés para o Botafogo. ‘Não gostamos de perder, e quem vai ter que pagar este preço é o Atlético’, disse o técnico Odair Hellmann. Vice de futebol, Roberto Melo seguiu a mesma linha: ‘O que nós não jogamos hoje aqui, o Atlético é que vai ter de pagar o pato’;

O Inter é o segundo melhor mandante do Brasileirão, com 43 pontos em 17 jogos. Só o Palmeiras (44) pontuou mais;
Apesar de ter menos pontos em casa que o Palmeiras, o Inter é o único invicto como mandante no Campeonato Brasileiro. Foram 13 vitórias e quatro empates na competição, com 29 gols marcados e só oito sofridos

Se considerada a temporada inteira, os números do Inter são ainda mais impressionantes. Em 26 jogos no Beira-Rio em 2018, foram 20 vitórias, cinco empates e só uma derrota. O único revés foi o 2 a 1 contra o Grêmio, pela primeira fase do Campeonato Gaúcho, em 11 de março - mais de oito meses atrás

A provável dificuldade, entretanto, serve de motivação para o Atlético. Vencer no Beira-Rio mudaria de vez o ambiente do elenco alvinegro, empolgado após triunfos sobre Paraná e Bahia (ambos por 1 a 0). E, além de tudo isso, faria a equipe alcançar os 56 pontos na tabela e, no mínimo, manter a vantagem de três pontos na sexta colocação. Ao fim da rodada anterior, o sétimo era o Atlético-PR.

"Provavelmente, o estádio estará cheio, eles ainda sonham com o título. Então, a gente sabe que será muito difícil e vamos tentar trazer tudo de positivo que demonstramos nos últimos jogos e tentar impor nosso futebol no Beira-Rio", avaliou Adilson, que terá um novo parceiro de meio-campo nesta quarta.

Elias, que teve boa atuação na vitória alvinegra por 1 a 0 sobre o Bahia, no último sábado, cumprirá suspensão por acúmulo de três cartões amarelos. O técnico Levir Culpi não deu indícios de quem o substituirá, já que o único treinamento que contou com titulares em campo durante a semana foi fechado para a imprensa. A tendência, entretanto, é que Matheus Galdezani atue como segundo homem do meio-campo.

Outras duas mudanças em relação à partida do Bahia serão nas laterais. Após cumprir suspensão, Emerson retoma a titularidade. Substituto do jovem de 19 anos na direita no último fim de semana, Patric deve ser mantido no time, mas na ala esquerda. Titular da posição, Fábio Santos está suspenso por ter sido expulso no Horto. Hulk é outra opção para o setor.

O adversário

Assim como o Atlético, o Internacional terá mudanças importantes para o jogo desta quarta-feira. Expulso na derrota por 1 a 0 para o Botafogo, o zagueiro Rodrigo Moledo dará lugar a Emerson Santos. Reserva, o atacante Wellington Silva também é desfalque por ter recebido cartão vermelho no Nilton Santos. De volta após cumprir suspensão, o lateral-direito Fabiano substitui Zeca.

O revés no Rio de Janeiro fez o Internacional perder a vice-liderança para o Flamengo e ficar ainda mais longe do líder Palmeiras. O Colorado soma 65 pontos, seis a menos que o primeiro colocado.

INTERNACIONAL X ATLÉTICO

Internacional
Marcelo Lomba; Fabiano, Emerson Santos, Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Edenilson, Patrick e D’Alessandro; Nico López e Leandro Damião
Técnico: Odair Hellmann

Atlético


Victor; Emerson, Leonardo Silva, Iago Maidana e Patric (Hulk); Adilson e Matheus Galdezani; Luan, Cazares e Chará; Ricardo Oliveira
Técnico: Levir Culpi

Motivo: 36ª rodada do Campeonato Brasileiro

Local: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data e horário: quarta-feira, 21 de novembro, às 19h30 (de Brasília)

Árbitro: Raphael Claus (FIFA/SP)
Auxiliares: Danilo Ricardo Simon Manis (FIFA/SP) e Rogério Pablos Zanardo (SP)




Fonte:Superesportes



DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.