Postado em sábado, 25 de agosto de 2018 às 13:01
Atualizada em domingo, 26 de agosto de 2018 às 11:06

Piloto de Alfenas chega em 2° em etapa mineira de parapente

Tancredo Vieira foi o vice-campeão na categoria Acesso da X Mantiqueira, válida como etapa do mineiro de voo livre.


Alessandro Emergente

O piloto de Alfenas Tancredo Vieira, 32 anos, chegou na 2ª colocação na categoria Acesso pela segunda etapa do Campeonato Mineiro de Parapente, realizada em São Lourenço (MG). Cerca de 100 competidores participaram da X Mantiqueira, válida como etapa do mineiro de voo livre, promovida nos dias 18 e 19 de agosto.

Foram dois dias em que homens e mulheres, divididos em quatro categorias, disputaram duas provas, que além de pontuar para o campeonato mineiro, também integra o calendário da Confederação Brasileira de Vôo Livre (CBVL).

Os pilotos sobrevoaram cerca de 50 km em cada um dos dias de prova em um trajeto pré-determinado pela organização da X Mantiqueira. Os percursos, com triangulações, tiveram início na Rampa Montanha Sagrada, em São Lourenço, e percorreram seis municípios vizinhos nos dois dias.

Tancredo foi o vice-campeão do X Mantiqueira na categoria Acesso (Fotos: Divulgação)


Durante os trajetos, os pilotos passam por pontos determinados pela organização, chamados de Way Points. Cada competidor carrega com ele, durante o voo, um Tracker, responsável por monitorar todo o trajeto, velocidade e manobras. Não basta cruzar a chegada em primeiro, é preciso que o piloto cumpra todos os requisitos durante o trajeto.

“São provas de regularidade. Vence quem tiver melhor aproveitamento do equipamento e das condições meteorológicas”, explica Tancredo que completou o percurso em cerca de 2 horas. “É um xadrez. Um jogo de estratégia”, comenta.

Cerca de 100 pilotos participaram da etapa do campeonato (Foto: Divulgação)


Tanto na prova de sábado quanto na de domingo, os pilotos levantaram voo na Rampa Montanha Sagrada. No primeiro dia, os competidores passaram por quatro Way Points (Trevo de Dom Viçoso, Dom Viçoso, Virginia e São Sebastião do Rio Verde) e pousar nos Treze Lagos, que fica a seis quilômetros de São Sebastião do Rio Verde. Foram 50 km de voo.

Na segunda prova, no domingo, os pilotos percorreram dois municípios. Primeiro eles foram até a balança de pesagem rodoviária desativada que fica após o bairro Tieta, em Carmo de Minas. Em seguida, marcaram posição na Pedreira de Soledade e depois voltaram para Carmo de Minas. Na sequência, pousaram no aeroporto de São Lourenço, totalizando 55km.

A X Mantiqueira foi realizada em dois dias seguidos (Foto: Rogério Brasil/Divulgação)


Com o resultado conquistado na X Mantiqueira, Tancredo conseguiu pontuar para a final em Poços de Caldas, nos dias 14, 15 e 16 de setembro. A primeira etapa do Mineiro foi em Governador Valadares. O objetivo do piloto é conquistar uma vaga para o Brasileiro de 2019.

Por ser a primeira vez que disputou a prova na região, Tancredo se surpreendeu com o bom resultado. Isso porque pilotos que já conhecem a região da prova costumam se destacarem nas provas. Além disso, aponta o “alto nível” da competição com pilotos de outros estados, que utilizaram o X Mantiqueira para treinamento para a etapa do Brasileiro.

Tancredo iniciou no voo livre em 2014 e, desde então, tem se dedicado ao esporte. Ele treina, pelo menos, duas vezes por semana, além de manter uma rotina rígida com alimentação e treinos para manter a boa condição física.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.