Postado em quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018 às 09:45

Por que os cachorros confiam tanto em nós, humanos, e acham que somos incríveis?


 Você chega em casa e seu cão corre para te receber na porta, faz uma verdadeira festa, demonstra carinho, te segue pelos quatro cantos da casa e, cansado, se deita ao seu lado em busca de conforto e carinho.

Para seu cachorro, você é uma pessoa incrível, e não somente porque oferece abrigo e comida. Existe até mesmo um fator genético e evolutivo “forçado” por humanos que fez com que os cães nos considerassem amigos dignos de confiança.

Fator genético explica amor que cães sentem por nós

De acordo com um estudo científico publicado pela revista Nature, existem cinco genes de cães que estão relacionados à habilidade de eles possuem de socializar.

Em um experimento feito com cães da raça beagle, os pesquisadores disponibilizaram aos animais uma placa com três furos, cobertos por uma capa de plástico. Em cada buraco havia um petisco e, para chegar até ele, os cachorros precisavam se livrar da proteção plástica.

Duas das três capas eram de remoção fácil pelos animais, enquanto a terceira era mais difícil de ser retirada. Diante da complexidade, os pesquisadores notaram que os cães levavam o objeto para os humanos, em busca de ajuda.

A maioria dos beagles pediu auxílio aos humanos, indicando socialização na tarefa, indicando diferenças genéticas entre os que tentavam driblar a dificuldade sozinhos. Os cães mais sociais apresentaram diferenças em duas regiões cromossômicas, especificamente em cinco genes distintos. Quatro desses genes, em seres humanos, estão relacionados com distúrbios como TDAH e autismo.

De acordo com os estudiosos, os humanos foram os responsáveis por criar, involuntariamente, essas variações genéticas em cães para que eles se tornassem animais domesticáveis. Em essência, nossos antepassados são os “culpados” por fazerem com que seu cachorro seja apaixonado por você.




Fonte: VIX COMPORTAMENTO