Postado em sábado, 10 de outubro de 2020 às 14:02

Com alta incidência da Covid-19, Alfenas atinge 41 mortes

Foram mais de 200 novos casos registrados em um intervalo de 7 dias.


Alessandro Emergente

A 41ª morte em decorrência da Covid-19 foi confirmada no último boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde de Alfenas, publicado no início da noite de sexta-feira. Os casos positivos da doença aumentaram em mais de 100% no último mês e geram preocupações.

A morte mais recente é de uma idosa, que tinha 81 anos e estava internada no Hospital Santa Casa (HSC). O hospital, referência regional no tratamento da doença, segue com 15 internações, de acordo com o último documento. São duas a mais em relação com boletim publicado sete dias antes, quando a cidade chegou a 40 mortes. 

No período de uma semana os casos aumentaram de 1.336 para 1.563, considerando desde o início da pandemia. A alta de 227 casos em um intervalo de sete dias é considerada expressiva em relação a curva dos últimos meses. Em um vídeo publicado nas redes sociais ao anunciar novas medidas, o prefeito Luiz Antônio da Silva (Luizinho/PT) disse que haveria um aumento de testes e, consequentemente, a estatística de confirmações sofreria impacto.

O número de pessoas que estão em isolamento domiciliar, com suspeita de Covid-19, também cresceu nos últimos sete dias, indo de 319 para 372. As equipes de saúde monitoram esses casos.

Mais de 100%

Tomando como parâmetro o boletim anterior, divulgado no último dia 7, Alfenas registrou uma alta de 118% em relação ao mês anterior nos casos positivos da Covid-19. No último mês, o HSC chegou a atingir 80% de ocupação das vagas de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para Covid-19 – nessa semana registrou 60% de ocupação.

Os aumentos são associados a proximidade com períodos pós-feriados e festas clandestinas, gerando aglomerações. A proximidade com dois feriados – na segunda-feira, dia 12 (dia da padroeira da cidade: Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil), e na quinta-feira, dia 15 (aniversário da cidade, que completa 151 anos) - geram preocupações nas autoridades da área de saúde.

Na última semana, novos decretos municipais foram publicados na tentativas de coibir a alta na incidência de casos. Os clubes esportivos não poderão funcionar no período de 9 de outubro a 3 de novembro, além de restrição na venda de bebida alcoólica e funcionamento de estabelecimentos comerciais até a meia noite. Os bares e restaurantes deverão fixar na entrada as regras de funcionamento estabelecidas pela Vigilância Sanitária.



NOTÍCIAS RELACIONADAS


DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

     
     
     
     

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Ok, eu aceito