Postado em segunda-feira, 4 de maio de 2020 às 01:01
Atualizada em sexta-feira, 8 de maio de 2020 às 12:49

Vereadores trocam de partido de olho nas eleições

Parlamentares de Alfenas trocaram de legenda dentro do prazo do calendário eleitoral.


Alessandro Emergente

A composição da Câmara Municipal de Alfenas tem uma nova configuração partidária. A grande maioria dos vereadores trocou de legenda dentro do prazo eleitoral, o que permite a eles concorrerem nas eleições de outubro pelas novas siglas partidárias.

Dos 12 vereadores, somente dois permaneceram em suas legendas. São Kátia Goyatá no PDT e Vagner Morais (Guinho) no PT. Os demais parlamentares protagonizaram uma intensa movimentação e definiram as suas novas filiações partidárias dentro do prazo eleitoral para quem pretende ser candidato. A janela de filiações se encerrou no dia 4 de abril.

Na movimentação o PT se tornou o partido com maior número de representantes. Saltou de um para três vereadores. O presidente da Câmara Municipal, Fábio Florêncio Marques (Fábio da Oncologia/PP), deixou o PP e aderiu ao quadro petista. João Carlos Tercetti deixou o PRP e retornou para o PT, sua antiga legenda. Eles se somam a Guinho para compor a bancada petista.

Dez vereadores trocaram de partidos numa nova organização das legendas para eleições deste ano (Fotos: Alessandro Emergente/Arquivo)


O Solidariedade, que não tinha nenhum vereador, passou a ter dois: Edson Lélis (Edson da Distribuidora), que deixou o PR, e Antônio Carlos da Silva (Dr. Batata), que desfiliou-se do PSB. Outro ex-membro do PSB, Domingos dos Reis Monteiro (Dominguinhos), também deixou a legenda e seguiu para o Cidadania, partido que tem na articulação Fábio Sôssur (Fô), atual secretário de Esportes.

Apesar de perder os seus dois parlamentares, o PSB – que era dirigido por Fô – manteve o mesmo número de representantes, agora sob o comando de Waldemilsson Bassoto (Padre Waldemilson), que é pré-candidato a prefeito. Além dele, Reginaldo Flauzino (GM Flauzino), que deixou o PHS, também está filiado ao PSB. 

José Carlos de Morais (Vardemá) deixou o MDB e filiou-se ao PCdoB, sigla pela qual já concorreu a vaga de vereador em 2008. Tadeu Fernandes trocou o PTC pelo Republicanos.

Mais mudança

Outra mudança foi a de Décio Paulino, que deixou o PR e está filiado ao PSL. Ouvido pela reportagem, no último dia 28, o parlamentar disse que seu caminho era o DEM, mas deveria consultar a sua situação partidária. De acordo com o site do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), que disponibiliza as planilhas de filiados, consta uma filiação ao DEM no dia 31 de março. Porém, uma nova filiação, desta vez no PSL, foi registrada no dia 4 de abril, prazo final para quem pretende ser candidato.

A reportagem do Alfenas Hoje apurou, ao ouvir especialistas em direito eleitoral, que não há risco de dupla filiação, uma vez que o entendimento é que vale a última filiação. Nesse caso, o PSL.

Décio não deve disputar a reeleição para vereador, uma vez que sua esposa, Maria Julieta Bruzadelli Costa (DEM), deve ser candidata. No entanto, seu nome tem sido colocado como possível vice em uma chapa encabeçada pelo ex-prefeito Antônio Munhoz (Toninho Munhoz), filiado ao DEM. Porém, dentro do PSL, Pedro Alencar Azevedo (Pedrinho do Minas Acontece), que comanda a legenda, é o nome colocado como pré-candidato a prefeito.

Novo quadro partidário

Com as mudanças, o PT – agora a maior bancada - tem três vereadores e é seguido pelo PSB e pelo Solidariedade, com dois vereadores cada. PCdoB, Cidadania, PSL, Republicanos e PDT ficaram com um vereador cada. Já PR, PTC, PHS, MDB, PRP e Pros deixaram de ter representantes no Legislativo.

Em tempo

Após a publicação da reportagem, Pedrinho do Minas Acontece manifestou-se nas redes sociais que não há possibilidade de coligação entre o PSL e o DEM, descartando - com isso – a participação de Décio em uma chapa encabeçada por Toninho Munhoz. O comentário foi feito no compartilhamento da reportagem na página oficial do Alfenas Hoje no Facebook.



NOTÍCIAS RELACIONADAS


DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

     
     
     
     

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Ok, eu aceito