Postado em sexta-feira, 20 de março de 2020 às 20:08
Atualizada em sexta-feira, 20 de março de 2020 às 20:51

Bares, lanchonetes e restaurantes só terão atendimento delivery

A decisão é mais uma etapa das medidas preventivas para evitar a proliferação do coronavírus.


Alessandro Emergente

Uma reunião do Gabinete de Enfrentamento ao Covid-19, na tarde desta sexta-feira na Câmara Municipal de Alfenas, definiu pelo fechamento de bares, restaurantes e lanchonetes a partir de quarta-feira (25). A partir daí, esses estabelecimentos comerciais só poderiam atender no sistema delivery (entrega em domicílio). Porém, em comunicado transmitido pelas suas redes sociais, também nesta sexta-feira, o governador Romeu Zema (Novo) informou o fechamento de estabelecimentos comerciais, com exceção dos considerados essenciais, serão válidos para todos os 853 municípios mineiros já a partir de segunda-feira. O decreto estadual sobrepõe o local.

A decisão local havia sido comunicada pelo prefeito Luiz Antônio da Silva (Luizinho/PT) após encontrar um consenso com os comerciantes que participaram da reunião. Alguns comerciantes, que ainda não trabalham no sistema delivery, pediram mais tempo para se adequar. Diante disso, a definição foi permitir mais alguns dias de atendimento presencial.

Até terça-feira, os estabelecimentos comerciais atenderiam com limite de 30 clientes, desde que resguarde distância mínima entre mesas e cadeiras, além de condições de higienização. O texto ainda será definido em um decreto a ser assinado pelo prefeito. Porém, com a informação sobre a decisão estadual, a regulamnetação local deve seguir a diretriz estadual.

Mesmo antes da decisão, alguns comerciantes chegaram a manifestar preocupação e adiantaram que já iam fechar seus estabelecimentos.

De acordo com a Vigilância Sanitária, há uma série de restrições para evitar o fluxo de pessoas, como a proibição de feirantes de outras cidades de participar da feira livre de Alfenas, restrita a alimentos a partir do próximo domingo. Ou seja, barracas de vestuários, por exemplos, não estarão autorizadas.

A reunião teve início às 15h e foi realizada por etapas, dividida em ramos de atividades para evitar aglomeração de pessoas no plenário. Todos os encontros contaram com a participação da Acia (Associação Comercial e Industrial de Alfenas) por meio de seu presidente, Conrado Gomes.

O primeiro grupo a se reunir foi o de academias e clubes de lazer. A decisão foi pelo fechamento imediato a partir da edição do decreto, o que deve ocorrer no sábado. O comércio também suspenderá o atendimento presencial a partir de segunda-feira. Clique aqui e confira mais detalhes.



NOTÍCIAS RELACIONADAS


DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.