Postado em domingo, 16 de julho de 2017 às 23:11

Alfenas perde nos últimos segundos e fica com o vice na Lidarp

A seleção de Alfenas deixou escapar o título nos últimos segundos ao tomar o gol de desempate de Itaú de Minas, que sagrou-se campeã da Copa Lidarp de Handebol.


Otávio Borba

A seleção de handebol de Alfenas deixou escapar o título nos últimos segundos ao tomar o gol de desempate de Itaú de Minas, que sagrou-se campeã da Copa Lidarp de Handebol, livre e masculino. A partida decisiva foi, no sábado, no Ginásio Municipal Tancredo Neves. Antes da final, o público assistiu a decisão pelo terceiro lugar, que ficou com Poços de Caldas ao vencer Guaxupé por 30 a 20.

No segundo e decisivo jogo da tarde, o selecionado de Alfenas recebeu a experiente equipe de Itaú de Minas. Perdeu por 24 a 23 em um “jogão” de bola: rápido, pegado e cheio de lances emocionantes. A seleção de Alfenas começou bem, mas oscilou no decorrer da partida. Iniciou se impondo, mas logo a experiente equipe de Itaú de Minas controlou o jogo.

Embora com um público aquém do que merece este esporte, a torcida fez barulho. Incentivou, gritou, acreditou e buscou levar os atletas de Alfenas a vitória. Na primeira etapa, o time - comandado por Natan Wegner, Suelen Silva e André Cunha - venceu por 12 a 9. Alinho, o Alisson Marcelino, foi bem no jogo, assim como Maxussuel, Pablo e Rafael do outro lado.

A equipe de Alfenas perdeu o título no último segundo (Foto: Otávio Borba)


Na segunda etapa, a partida continuou equilibrada e muito faltosa, peculiar deste esporte. O placar foi se alternando. A diferença não passava de um gol. Empate, vitória mínima e novamente empate. Mas a experiência fez a diferença. E quando a partida estava empatada em 23 a 23, no último segundo do jogo, em tentativa de rápida de contragolpe, Alfenas desperdiçou e tomou o gol fatal: 24 a 23. Garra, determinação e vontade não faltou ao time e Alfenas.

Além de Alinho, De Leon e Lucas Grillo e o goleiro Magela também se fizeram presentes e se destacaram. Pelo lado de Itaú de Minas, um grande jogo de Pablo, Maxssuel e Rafael. A arbitragem foi de Ricardo Andregueto e Ricardo Casussi.

Os gols de Alfena foram marcados por Alisson Marcelino, o Alinho (7)), Emerson (4), De Leon (4), Francis (4), Lucas Grillo (2), Danilo Alves e Leonardo. Por Itaú de Minas marcaram: Pablo (7), Rafael (6), Luiz Henrique (4), Bruno (2) e Maxssuel (5).

O título ficou com a experiente equipe de Itaú de Minas (Foto: Otávio Borba)


Alfenas ficou com o vice com Geraldo Magela, Francis, Alinho, Emerson, Lucas Grillo, Leonardo, Otávio Quesada, Marcus Vinicius, Lucas Cesário, Luiz Fernando, Thiago Fernando, Matheus Ribeiro, Danilo Alves, Matheus Santos, De Leon, Weverton Florêncio. Comissão Técnica: Natan Werner, Suelen Silva e André Cunha.

A seleção de Itaú de Minas sagrou se campeã com Murilo, Luciano, Bruno Miranda, Luiz Henrique, Rafael Miranda, Jadson, Maxssuel, Pablo, Gustavo, João Paulo, José Pedro e Islan. Treinadora: Talita Souza.



DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.