Postado em quarta-feira, 30 de maio de 2018 às 17:05

Auto Escola Metrópole cria projeto para Jovens e Crianças

Publieditorial

O mês de maio é caracterizado por ações voltadas para educação do trânsito. Essa campanha é conhecida como Maio Amarelo e é coordenada tanto pelo poder público quanto pela sociedade.

É um enorme desafio comunicar sobre riscos e alertas de trânsito, mas com a ação conjunta é possível chamar a atenção com o intuito fazer do trânsito melhor, mais fluido e também seguro.

Os números sobre morte no trânsito são alarmantes. Estima-se que 40 mil brasileiros perdem suas vidas por causa de acidentes e que esse número é tão grande quanto mortes ocasionadas por violência pública no Brasil.

Então o que devemos conscientizar é que:

  • Somos responsáveis por transformar o trânsito para que seja seguro
  • Entender sobre o papel do pedestre, motorista e motociclista
  • Saber como evitar situações de riscos


As ações desenvolvidas pela Auto Escola Metrópole estão dentro de um projeto chamado INSTRUTOR DE TRÂNSITO AMIGO DA ESCOLA.

Esse projeto conta com diversas ações como: palestras, debates e outras atividades com a finalidade de conscientizar jovens e crianças com idade escolar. Sabemos jovens e crianças podem ajudar a transformar os maus hábitos dos adultos condutores, pois cobram do pai ou mãe o uso do cinto por exemplo, que acatam o pedido, nos informou Roberto Ribeiro, educador na Auto Escola Metrópole.

O projeto foi desenvolvido para alcançar o maior número de pessoas e tem por objetivo mostrar que:

  • Educação no trânsito é fator de segurança pessoa e coletiva
  • Mostrar comportamentos que proporcionem segurança no trânsito
  • Identificar regras de circulação como fatores importantes na ordem e segurança da escola
  • Identificar sobre sinalização
  • Reconhecer cores o trânsito
  • Trabalhar virtudes da paciência, tolerância, responsabilidade e humildade


    As famílias e as escolas precisam rever seus valores e suas práticas educativas, como um canal de informações para as crianças e jovens, reforça . 
Roberto Ribeiro & Marcos Aurélio
Instrutores e Administradores 
 
Publieditorial