Postado em terça-feira, 20 de fevereiro de 2018 às 10:13

Prometido durante eleições, Hospital Infantil deverá se tornar anexo do Bom Pastor, em Varginha

Segundo prefeito Antônio Silva (PTB), expectativa é de que projeto saia até o final deste ano....


A principal promessa do prefeito de Varginha (MG), Antônio Silva (PTB), durante campanha nas Eleições de 2016, era a construção de um hospital infantil na cidade. O projeto, que não andou no ano passado, agora pode ganhar um novo capítulo. Segundo o prefeito, o novo hospital agora poderá se transformar em uma nova ala do Hospital Bom Pastor.

"Está muito bem encaminhado. No ano passado, nós nos preocupamos em definir uma área que pudesse ser realmente a melhor, a mais bem indicada. Selecionamos algumas áreas, uma delas quase definida no bairro Belo Horizonte, que é do município. Mas, depois disso, por uma bênção, surgiu uma outra área praticamente ligada ao Hospital Bom Pastor, suficiente para implantação do projeto e naturalmente com o aproveitamento da infraestrutura do hospital", disse o prefeito ao G1.

Segundo o prefeito, um projeto de lei para a permuta de uma área do município com o dono do terreno, já está na câmara e deverá ser votado ainda nesta semana. Só depois disso, a administração pretende partir para a elaboração do projeto do hospital.

"Ali nós vamos montar um CTI infantil, uma enfermaria, leitos de internação atendendo
também a oncologia, mas tudo com um projeto voltado para
esse público infantil, lúdico, diferente de um hospital adulto. 
Seria uma extensão, porque o laboratório, a cozinha,
a lavanderia, radiologia, tomografia, isso tudo é área comum", disse o prefeito.


Conforme Antônio Silva, a expectativa, na melhor das hipóteses, é fazer a licitação este ano e começar a obra no ano que vem. Segundo o prefeito, a ideia é terminar a construção da ala infantil até o fim do seu terceiro mandato à frente da Prefeitura de Varginha, em 2020.

"O que eu estou estabelecendo com uma margem razoável são dois anos de obra, com este ano (2018) para licitação e projeto. Ele será suficiente para a demanda infantil local, que não é tão grande, daí o aproveitamento da estrutura do hospital, porque você construir um novo hospital inteirinho, com tudo o que eu tenho no Bom Pastor, que serve para adulto e infantil, aí seria uma utopia", alega o prefeito.

Caso a ala infantil do Hospital Bom Pastor realmente saia do papel, ela passaria a ser referência regional e também atenderia pelo SUS, aproveitando a estrutura do Hospital Bom Pastor, que já é credenciado pelo Ministério da Saúde para diversos serviços.


Fonte: G1 Sul de Minas