Postado em quarta-feira, 9 de novembro de 2016 às 02:56

Concessão do aeroporto é novamente debatida por Comissão

Novamente em pauta o projeto da Prefeitura que prevê a licitação para concessão do aeroporto local.


 Da Redação

A Comissão de Constituição, Legislação, Justiça e Redação Final (CCLJRF) da Câmara Municipal se reuniu na manhã de segunda-feira, 7 de novembro. Novamente em pauta o projeto da Prefeitura que prevê a licitação para concessão do aeroporto local. O tema foi debatido pela Comissão no final de outubro.

Além dos vereadores José Carlos de Morais (Vardemá/PMDB), Antônio Carlos da Silva (Dr. Batata/PSB) e Hemerson Lourenço de Assis (Sonzinho/PT), estavam presentes o procurador do Legislativo, José Ricardo Leandro e Silva, e a assessora de comissões Carla Maria Ribeiro Oliveira. A Unifenas/Feta, atual administradora do campo de aviação, enviou um advogado.

Fernando Leite Crivelari quis saber sobre o andamento do projeto e a sua abrangência. Ele anotou alguns questionamentos e ficou de fornecer à comissão um levantamento de benfeitorias realizadas no aeroporto, além de cópia do plano de voo no valor de R$ 35 mil pago a Anac (Agencia Nacional de Aviação Civil). Ele, no entanto, não manifestou o posicionamento da empresa a respeito do projeto.

Alguns documentos, como a planilha com quantidade de hangares e infraestrutura existente no local, já estão em poder da comissão. Mas em função da falta de outros papéis foi adiada a participação no encontro do vice-prefeito eleito Eliacim do Carmo Lourenço (PCdoB), representante da comissão de transição municipal.

A principal dúvida da CCLJRF é se a Unifenas/FETA, caso não vença a licitação, será indenizada ou se os investimentos realizados pela mesma já estão incorporados ao aeroporto.

A Comissão de Constituição, Legislação, Justiça e Redação Final (CCLJRF) da Câmara Municipal se reuniu na manhã de segunda-feira (Foto: Ascom/Câmara Municipal)

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.